• Destaques

    D. Pedro I é eleita a melhor rodovia do País em pesquisa da Confederação Nacional do Transporte (CNT)

    Pela primeira vez, D. Pedro I (SP-065) foi eleita a melhor rodovia do País, segundo a 23ª Pesquisa Rodoviária da Confederação Nacional do Transporte (CNT), divulgada nesta quinta-feira, 22 de outubro, em Brasília. A via, administrada pela Concessionária Rota das Bandeiras, já havia ocupado a segunda colocação nas pesquisas divulgadas em 2017 e 2018.

    No total, foram analisados 108.863 quilômetros de rodovias estaduais e federias, nas cinco regiões brasileiras. Três itens foram analisados para a composição do resultado: pavimento, sinalização e geometria da via. O estudo também realizou o levantamento das infraestruturas de apoio, como trechos com postos de abastecimento, borracharias, concessionárias e oficinas mecânicas, restaurantes e lanchonetes disponíveis ao longo das rodovias.

    Segundo Douglas Longhi, presidente da Rota das Bandeiras, o resultado espelha o investimento contínuo realizado na rodovia. “Nos dois anos anteriores, a D. Pedro I havia ocupado a segunda posição e hoje foi um orgulho muito grande vê-la como a melhor do Brasil, justamente em 2019, quando completamos dez anos de concessão”.

    Desde 2009, ano em que teve início a Concessão do Corredor Dom Pedro, a Rota das Bandeiras já investiu mais de R$ 2,3 milhões em obras de conservação e modernização das rodovias que formam o sistema. Na rodovia D. Pedro I, a principal intervenção é a implantação das novas marginais no trecho de Campinas, o mais movimentado de todo o Corredor Dom Pedro, que recebe a passagem de 125 mil veículos diariamente.

    Todo o trabalho realizado pela Rota das Bandeiras conta com a supervisão e aprovação da Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp). O investimento realizado também reflete nos índices de segurança. Em 2018, o Corredor Dom Pedro, que tem a D. Pedro I como seu principal eixo, registrou o ano com o menor número de acidentes desde 2009.

    “A segurança e o conforto do usuário sempre foram as principais preocupações da Rota das Bandeiras. O resultado de hoje nos deixa feliz, mas a Concessionária continuará em busca da excelência a fim de oferecer um serviço ainda melhor nos próximos anos”, completa Longhi.

    D. Pedro I
    A rodovia D. Pedro I interliga duas importantes regiões do interior paulista: a Região Metropolitana de Campinas (RMC) e o Vale do Paraíba. Ao todo, são 145 km de extensão, cortando nove cidades: Jacareí, Igaratá, Nazaré Paulista, Bom Jesus dos Perdões, Atibaia, Jarinu, Itatiba, Valinhos e Campinas, nesta ordem.

    A rodovia também conecta outras importantes estradas brasileiras como Anhanguera (SP-330), Carvalho Pinto (SP-070), Fernão Dias (BR-381), Presidente Dutra (BR-116).

    Topo
    • compartilhe:
    • Compartilhar