Notas Legais

Considerações sobre estimativas e Projeções

As declarações contidas neste site relativas aos planos, previsões, expectativas sobre eventos futuros, estratégias, projeções, tendências financeiras que afetam as atividades da Rota das Bandeiras “Concessionária”, bem como declarações relativas a outras informações constituem estimativas e declarações futuras que envolvem riscos e incertezas e, portanto, não constituem garantias de resultados futuros da Concessionária.

As estimativas e declarações futuras têm por embasamento, em grande parte, as expectativas atuais, estimativas das projeções futuras e tendências que afetam ou podem potencialmente vir a afetar os negócios operacionais e o setor de atuação da empresa, bem como sua situação financeira e os seus resultados operacionais e prospectivos. Embora a Concessionária acredite que essas estimativas e declarações futuras encontram-se baseadas em premissas razoáveis, estas estimativas e declarações estão sujeitas a diversos riscos, incertezas e suposições e são feitas com base nas informações atuais à disposição.

Muitos fatores importantes, podem vir a fazer com que os resultados efetivos da Rota das Bandeiras sejam substancialmente diferentes dos resultados previstos em suas estimativas, inclusive os seguintes:

  • conjuntura econômica, política e de negócios do Brasil e, em especial, nos mercados geográficos em que a Concessionária atua e possíveis intervenções governamentais, resultando em alteração na economia, tributos, tarifas ou ambiente regulatório no Brasil;
  • alterações nas condições gerais da economia, incluindo, exemplificativamente, a inflação, taxas de juros, nível de emprego, crescimento populacional e confiança do consumidor;
  • alterações nos custos operacionais da Concessionária;fatores demográficos e disponibilidade de renda;
  • capacidade de pagamento de financiamentos e cumprimento de obrigações financeiras da Concessionária;
  • capacidade de contratar novos financiamentos e executar o plano de expansão da Rota das Bandeiras;
  • capacidade de competir com êxito e dirigir os negócios da Concessionária no futuro;
  • alterações nos negócios da Concessionária;
  • alterações na legislação e regulamentação aplicáveis ao setor de concessões rodoviárias, bem como a promulgação de leis e de regulamentos futuros versando sobre matéria de concessões rodoviárias, fiscal ou de zoneamento;
  • interesses dos acionistas controladores da Rota das Bandeiras;
  • intervenções do governo que poderão resultar em mudanças no ambiente econômico, tributário, tarifário ou regulador no Brasil;
  • capacidade de obter mão de obra, produtos, materiais, serviços e equipamentos de fornecedores sem interrupção e a preços razoáveis;
  • capacidade de implementar com sucesso a sua estratégia de crescimento;
  • alteração da conjuntura econômica, da política e de negócios no Brasil, inclusive dos índices de crescimento econômico, flutuações nas taxas de câmbio, de juros ou de inflação;
  • obtenção de licenças e autorizações governamentais para construções e operação da Concessionária;
  • outros fatores que podem afetar as condições financeiras, liquidez e resultados de operações da Rota das Bandeiras; e
  • outros fatores de risco apresentados na Seção “Fatores de Risco” nas páginas 66 a 69 do Prospecto da Rota das Bandeiras.

As palavras “acredita”, “pode”, “poderá”, “estima”, “continua”, “antecipa”, “pretende”, “espera” e palavras similares têm por objetivo identificar estimativas. Tais estimativas referem-se apenas à data em que foram expressas, sendo que a Rota das Bandeiras não pode assegurar que atualizará ou revisará quaisquer dessas estimativas em razão da disponibilização de novas informações, de eventos futuros ou de quaisquer outros fatores, exceto conforme determinado pela Instrução CVM 480. Estas estimativas envolvem riscos e incertezas e não representam garantia de desempenho futuro, sendo que os reais resultados ou desenvolvimentos podem ser substancialmente diferentes das expectativas descritas nas estimativas e declarações futuras, constantes no Prospecto e no Formulário de Referência.

Tendo em vista os riscos e incertezas envolvidos, as estimativas e declarações acerca do futuro constantes do Prospecto podem não vir a ocorrer e, ainda, os resultados futuros e o desempenho da Concessionária podem diferir substancialmente daqueles previstos nas estimativas em razão, inclusive, dos fatores mencionados acima, mas não se limitando a eles. Por conta dessas incertezas, o investidor não deve se basear nestas estimativas e declarações futuras para tomar uma decisão de investimento nas Debêntures.

Topo
  • compartilhe:
  • Compartilhar